Oi leitores queridos!

Hoje vou contar um pouquinho para vocês sobre a edição do meu livro “Negro Amor”. Quando fui fechar o contrato de edição com a Editora Baraúna foi uma mistura de emoções, lembro de estar entrando na editora e sentando na mesa, vendo as capas de outros livros que os editores me mostravam.

Naquela hora tudo realmente não pareceu nada demais, mas agora eu vejo como eu estava nervosa, mesmo não querendo admitir, sempre negava o fato. rs

Depois do contrato assinado o livro foi para a primeira revisão. A ansiedade foi a mil!
Dias que nunca terminavam, até que a Aline Benitez (minha editora, um beijão pra ela!) me enviou o texto com todas as marcações e dúvidas da revisora.



Acho que foi ai que começou a cair a ficha que meu sonho estava se tornando realidade! =D

Com a ajuda da minha mãe coruja rs, analisei parte por parte do texto. Enviei novamente para a editora, que passou novamente pela revisão e depois foi para a diagramação. Enquanto isso a editora produziu a capa. Pude ajudar na escolha da imagem e até nas cores que eles usaram. A equipe que montou a capa foi nota 10, fizeram tudo o que pedi e sonhei para a carinha do meu bebezinho, livro.

Depois desse processo, mais alguns dias de espera! Afinal meu livro prova estava na gráfica e depois a caminho de casa. Não há palavras para descrever a emoção e a alegria de receber meu primeiro livro, ver que meu texto não era mais um original e sim um livro lindo! Chega até a ser cômico, mas a coragem de fazer anotações no meu livro demorou pra aparecer, mas como queria que meu trabalho ficasse perfeito cedi e rabisquei algumas alterações e observações. Um pouco de ser escritora é ser meio encucada com todo o produto, e eu fiquei estressada mesmo...rsrs!



Enfim, nasceu o “Negro Amor,” e agradeço super aos amigos que me deram o maior apoio no dia do lançamento – foi na Saraiva Higienópolis, em setembro de 2011...


Logo conto mais para vocês...bjuussss!!

Camille Storch

Deixe seu Comentário